Branco total.  Branco é a cor do novo, associado ao futurismo. Este é um projeto totalmente autoral, uma viagem às referências da juventude do arquiteto, dos soldados imperiais impecavelmente brancos de Star Wars e da Fortaleza da Solidão do Super Homem – um castelo todo de cristais no meio do polo norte – ao seu ícone máximo: 2001 Uma Odisseia no Espaço. Estas referências foram misturadas para o conceito dessa loja de sapatos em Londrina, Paraná, Brasil. 

  

A expressividade espacial da loja é resultado do movimento geométrico das dezoito fatias brancas de 42cm de espessura que constituem paredes e teto. A fachada é a primeira fatia, que surge como um sólido que sofreu subtrações para criar as aberturas. A partir dela, as demais vão se movimentando e se repetindo, esculpindo-se uma a uma para construir o espaço interno. 

  

O desenho do balcão do caixa segue a linguagem das fatias e surge como uma escultura solta no centro da loja. Atrás do balcão, levanta-se um painel que esconde a escada de acesso ao estoque no mezanino e um pequeno depósito. O piso de madeira em ripas desiguais aquece o visual do ambiente e enfatiza a geometria das fatias. O pé-direito varia de 2,40m a 3,00m dentro da loja em função dos formatos das fatias no teto. 

 

O cliente pediu que fosse considerado uma norma do shopping center que pede que as lojas sejam renovadas a cada cinco anos. Assim, optou-se pelo gesso acartonado, um material leve e resistente e que facilita intervenções na arquitetura. As propriedades termoacústico do gesso acartonado, aliadas à volumetria do teto e das paredes, resultaram em um ambiente acusticamente funcional. 

  

O projeto luminotécnico determinou a instalação de telas tensionadas nas faces de algumas fatias, distribuindo a luz homogeneamente. Foram utilizadas somente lâmpadas T5, que oferecem eficiência luminosa com pouco gasto energético, além de produzirem menos calor. Em comparação com a loja antes da reforma, houve uma economia global entorno de 70%, já que o uso do ar condicionado também diminuiu, uma vez que o sistema de iluminação agora produz menos calor. O resultado foi um ambiente praticamente sem sombras e com iluminação eficiente. 

PROJETO

QUEEN SHOES

ANO DE CONCLUSÃO

2009

ÁREA CONSTRUÍDA

90m²

LOCALIZAÇÃO

LONDRINA, PR, BRASIL

FOTOGRAFIA

DENILSON MACHADO ─ MCA STUDIO

PROJECT

QUEEN SHOES

COMPLETION YEAR

2009

BUILT AREA

90m²

LOCATION

LONDRINA, PR, BRASIL

PHOTOGRAPHY

DENILSON MACHADO ─ MCA STUDIO

Pure white. White paint is the new kind of colour closely linked with the futuristic world. This is a completely personalized project jumping back to the architect’s youth references, from the Star Wars imperial soldiers wearing unblemished white, from Superman’s Fortress of Solitude – a crystal castle in the heart of the North Pole ─ to the masterpiece of 2001: A Space Odyssey, an iconic reference. These references were intentionally mixed up to create the concept of this shoe shop in Londrina, Brazil.

The shop’s outer-space expressiveness results from a geometric movement which stems from eighteen 42cm wide white segments which compose the walls and ceiling. The shop façade is the first segment and it introduces itself as a solid structure sculpted in order to create the entrances. The following segments obey the same movement pattern, each one of them sculpted to build the shop interior.

 

The cashier’s counter follows the segment patterns and comes to life as a detached sculpture right in the centre of the shop. Behind the counter, a panel hides a staircase which leads to a small storage room and a mezzanine. The uneven batten floor warms the visual of the shop atmosphere highlighting the geometry of the segments. The ceiling is about 2.40m to 3m high inside the shop due to the segments visual aspect in the ceiling.