O jovem casal mineiro, que não secretamente mantém um grande afeto pela cidade de São Paulo, chegou ao Studio Guilherme Torres com um desafio: transformar o seu recém adquirido apartamento, construído em meados dos anos 70, em um espaço sofisticado, contemporâneo e aconchegante, perfeito para receber visitas. 

Logos nos primeiros passos dentro da futura residência de bons momentos, algo chama a atenção de forma negativa: o hall do apartamento foi originalmente construído em L, um formato rígido e nada sofisticado. Como solução, a parede bruta deste ambiente dará lugar ao dramático mármore grigio em um painel curvo canelado.

O piso de parquet original será restaurado, mantendo o charme clássico em equilíbrio com o tapete cinza - feito a partir de tiras de PVC reciclado entrelaçado, que recobre grande parte do living. Abrigando também a sala de jantar, o living ainda conta com a mesa de jantar Titan, exclusivamente desenhada para este projeto em pedra vitória-régia, de tom esverdeado e visual único, uma verdadeira jóia.

A pedido dos próprios clientes, a cozinha foi integrada ao living, mas com o uso de portas pivotantes, permitindo torná-la um ambiente privado a qualquer momento. Seguindo a palavra de ordem deste ambiente, o pilar de sustentação foi integrado ao projeto, sendo usado como base principal para a ilha moldada em uma única peça de Corian, tendo o cooktop de um lado e a pia de outro. O piso em Epóxi branco fecha o visual minimalista do ambiente, onde os holofotes devem ser concentrados nas infinitas possibilidades culinárias que ele permite.

Não tem como deixar de mencionar o revestimento presente em grande parte das paredes do projeto, que vão brincar com o imaginário dos futuros visitantes e tornar o apartamento uma experiência única. O lambri e o boiserie utilizados criam uma ilusão de ótica, ocultando portas que podem levar do armário da cozinha a ampla suíte master, onde o banheiro principal, revestido em mármore grigio, se encontra.

Algumas destas portas revelam ainda mais detalhes deste projeto. O quarto de hóspedes, facilmente comparável a grandes hotéis, contará com espaço de trabalho, banheiro próprio com porta espelhada e todo espaço e privacidade que os visitantes precisam. Na ausência de convidados, o ambiente será um excelente home theater para os anfitriões.

Os tons escuros e amadeirados escolhidos para o projeto refletem o olhar sofisticado dos proprietários, enquanto todos os toques modernistas presentes no mobiliário mostram a paixão pela contemporaneidade. Diversas peças usadas foram criadas por Guilherme Torres, como a marcante cadeira Orbe Chair Ball, o sofá Lee, o aparador em latão, o biombo de espelho com bisotê e diversas outras peças pensadas exclusivamente para o projeto. Criações de outros designers também marcaram presença, como a vanguardista poltrona FDC1, criada por Flávio Carvalho, e a poltrona Zeca, assinada por Zanine Caldas.

PROJETO

FR APARTMENT

LOCALIZAÇÃO

SÃO PAULO, SP, BRASIL

 

 

PROJECT

V2 HOUSE

 

YEAR

2018

 

BUILT AREA

1.100m²

 

LOCATION

SÃO PAULO, SP, BRASIL

 

 

PHOTOGRAPHY

DENILSON MACHADO ─ MCA STUDIO

AWARDS

Crafted in the heart of one of the most high-end neighbourhoods of São Paulo, the 1100m2 residence was built by the owner’s grandparents in the 1960s. The original house was designed following a neoclassical style and had a very closed and compartmentalized floor plan.  

 

The project aimed to rethink the spatial distribution of the environments, opening the internal spaces and creating new structures that transformed the house into a contemporary work of art, in total harmony with the client, a young DJ and music producer. 

 

The house presents it’s self with a very sophisticated style yet very informal. The project was developed using a palette of timeless materials of white Brazilian marbles contrasting with an elaborate ebony woodwork. 

 

All the furniture was entirely designed by the architect, who is also and designer. The sofas in the main living room and the fireplace room are covered in fabric and leather, in a modular system that allows infinite combinations. The dining table, purposely just mounted with one chair, maintains the dramatic mood of the decor. Pictures and objects are few and belong to the personal collection of the owner. 

 

The ebony wood walls hide doors and spaces like the wine cellar, which is separated from the office designed with acrylic panels that create a tasting area and accommodate wines, one of the owner great passions. 

 

On the upper floor, a generous 140 m2 master suite integrates bedroom, terrace, closet and bathrooms without any formal divisions. Walls with luminous panels mixed with ebony wood panels create subtle divisions. Again, all the furniture was developed especially for these spaces. 

All the upper floor spaces are open through black perforated movable metal panels, creating a very strong graphic effect:  pixelating the crowns of the trees that surround the whole construction, giving a surreal touch to a project that does not propose fully decorated spaces, but a careful and detailed selection furniture, that will receive the many layers of affective memory over the years.