O arquiteto Guilherme Torres demorou seis meses para conhecer o casal que o contratou em São Paulo de Londres, onde residiam. “Fizemos todas as reuniões via Skype e a câmera deles nunca funcionava, praticamente não os via”, conta o profissional. O projeto que seria inicialmente de interiores se transformou em arquitetura e o arquiteto optou por transformar a residência dos anos 70 numa casa mais espaçosa e luminosa, propícia para receber esta família que após uma década na Europa e 3 filhos pequenos, decidiu retornar ao Brasil. 

 

A proprietária da casa revelou-se uma expert em design, o que tornou o processo muito mais agradável e proporcionou um design de interiores muito colorido e vibrante. Um grande armário de laca multicolorida foi a base de todo o projeto, atravessando ambientes, organizando toda a circulação e criando uma atmosfera única à casa. 

 

Outro destaque fica na subversão dos espaços. O arquiteto optou por deixar os quartos e área dos filhos no pavimento térreo, e no subsolo, criou o living e a cozinha. No lugar do antigo e úmido porão, uma sala cercada por jardins, que se descortina para uma piscina e jardim, surgiu. A mesa da sala de jantar foi desenhada pelo arquiteto e executada em concreto durante a obra, em contraste com a parede em mosaico de azulejos. Todo o mobiliário foi adquirido em Londres e foi trazido na mudança do casal.

PROJETO

DM HOUSE

ANO DE CONCLUSÃO

2012

ÁREA TOTAL

350m²

LOCALIZAÇÃO

SÃO PAULO, SP, BRASIL

ARQUITETO LÍDER

GUILHERME TORRES

FOTOGRAFIA

DENILSON MACHADO — MCA STUDIO